Erros/Problemas instalação OcoMon

Ao tentar instalar o ocomon_2.0-RC6, foram verificados erros na hora de rodar o script de criação do banco de dados, abaixo os erros apresentados e ao final do post o link para o script já acertado.

ERROS APRESENTADOS:

Continue lendo “Erros/Problemas instalação OcoMon”

Anúncios

Mostrar todos os programas na área de notificação (systray) do unity no Ubuntu 11.10 e 12.04

A barra de notificação do Unity vem bastante enxuta como padrão, mas é possível colocar nela outros softwares como skype, jDownloader e aMSN por exemplo. Os softwares que aparecem ali constam de uma ‘lista branca’ que pode ser editada (personalizada) de 2 formas: como segue:

1) Para usuários mais avançados, a white list pode ser editada pela linha de comando gsettings set com.canonical.Unity.Panel systray-whitelist "['all']" onde ‘all’ significa que todos os programas aparecerão lá. Para escolher quais programas irão aparecer, use o mesmo comando trocando ‘all’ pela lista de softwares entre aspas e separados por vírgula, como por exemplo gsettings set com.canonical.Unity.Panel systray-whitelist "['skype', 'jDownloader']".

ps: Para saber quais programas estão na white list use o comando gsettings get com.canonical.Unity.Panel systray-whitelist"

2) Para quem prefere a interface gráfica, pode usar o software dbconf editor, para instalar vá para o terminal e mande ver no sudo apt-get install dconf-tools. Depois de instalado, procure por dconf-editor no dash, encontre a chave desktop -> unity > panel e altere o atributo systray-whitelist para “[‘all’]” ou para “[‘skype’, ‘jDownloader’]” como desejar.

post baseado em: http://www.aprigiosimoes.com.br/2011/07/16/habilite-icones-systray-unity/

desabilitando o ‘event shutdown tracker’

Passo a passo para desabilitar o ‘event shutdown tracker’, a janela que força ao usuário de windows server (2003 e 2008) a explicar porque o sistema foi reiniciado, é útil para o caso de uma auditoria ou verificação de problemas no sistema, mas para usuário mais comum ou mesmo pequenas empresas, podem incomodar.

1) abra o editor de diretiva de grupo local. Inicia, Executar, gpedit.msc (ou gmpc.msc se tiver usando domínio)

2) Vá até Computer Configuration\Administrative Templates\System

3) Ache a diretiva: Display Shutdown Event Tracker e mude a configuração dela pra ‘disabled’.

paste bin: um compartilhador de texto e código fonte.

Serviço de postagem de textos diversos e códigos fonte.

Esse serviço é bem útil pra quem precisa postar textos e código fontes pra mostrar pra alguém que está do outro lado do modem. Eu, particularmente uso pra enviar dados de configurações e mensagens de erro para programadores ou pra receber códigos sql pra rodar nos clientes.

O funcionamento do serviço é simples, e não requer cadastro (o que por si só já é uma vantagem), além de ter highlights de código de várias linguagens, como java, php, sql, etc. Você entra, coloca o nome de quem tá postando, escolhe a linguagem do código que vai postar (pra funcionar o highlight) e coloca o texto, ao clicar no botão PASTE o código é guardado e mostrado, aí é só copiar a URL e compartilha-la….

Aqui um exemplo de código que postei pro post: http://paste.ubuntu.com/937765/

eu uso o serviço do Ubuntu que fica em: http://paste.ubuntu.com, mas tem a opção do paste bin original em http://pastebin.com/ e ainda as extensões para Firefox e Chrome, nos endereços abaixo:

firefox:
https://addons.mozilla.org/pt-pt/firefox/addon/pastebincom/

Chrome:
https://chrome.google.com/webstore/detail/ghipmampnddcpdlppkkamoankmkmcbmh?hl=pt-BR

Acelerando abertura de aplicativos Office no linux.

OpenOffice, BROffice, LibreOffice sempre foram muito lentos para abrir, pelo menos no Linux. Isso acontece porque ele faz alguma checagem na rede por fio (eth0…), que causa esta lentidão. Tanto é que se a rede for desabilitada, estes aplicativos abrirão quase que instantaneamente.

Creio que alguma coisa já está sendo feita, pois tenho um Notebook em que o LibreOffice V.3.5 já não possui mais a função “Pesquisar” que fica no seguinte caminho: “Ferramentas > Opções… > Internet > Pesquisar” e consequentemente já abre mais rápido.

Como seria inviável desativar a rede para o Office abrir mais rápido, existe um artifício que torna rápida a abertura dos programas da linha OpenOffice, BROffice, LibreOffice…

Olhando o arquivo /etc/hosts (cat /etc/hosts) verá que inicia com as seguintes linhas:

127.0.0.1 localhost
127.0.1.1 nome_do_computador

Então, edite-o (sudo nano /etc/hosts) acrescentado uma terceira linha com o IP loopback seguido pelo nome da máquina acrescido de .(none): nome_do_computador.(none)

127.0.0.1 localhost
127.0.1.1 nome_do_computador
127.0.0.1 nome_do_computador.(none)

Abra algum aplicativo da família Office (Writer, Calc, Impress…) e comprove a eficácia da alteração.

Obs:
sudo = confere poderes de super usuário a um usuário comum para poder editar o arquivo
nano = é um editor. Pode ser usado qualquer um de sua preferencia: gedit, vi, vim, leafpad
hosts = é um arquivo de configuração que fica na pasta /etc

re-blogado de http://altamiromuniz.blogspot.com.br/

Limpando histórico de conexões do MS-Sql Server 2008

Quem trabalha com atendimento a vários clientes, ou mesmo é DBA , tem a necessidade de fazer várias conexões com o SQL Server Management Studio (SSMS), e a medida que as conexões vão sendo feitas, ficam gravados os nomes dos servidores no combo ‘Server name’, conforme imagem abaixo.

Lista de conexões do SSMS

O aumento dessa lista não muda em nada a perfomance ou funcionamento, mas se ficar muito extensa, pode ficar incômodo, então, para limpar a lista e deixá-la novamente zerada… faça o seguinte:

No windows Explorer (Win + E), vá até a pasta

C:\Users (Usuários)
\usuario (nome do seu usuário)
\AppData
\Roaming
\Microsoft
\Microsoft SQL Server
\100 (Para SQL Standard)
\Tools
\Shell

E apague o arquivo ‘SqlStudio.bin’